A palavra Taiko significa literalmente “grande tambor”. Serve também para designar o instrumento de percussão japonês e a arte de tocá-lo.

Ao longo da história, o Taiko foi considerado o instrumento mais antigo do mundo. Representou variadas formas de expressão da necessidade e vontade humana, dentre elas podemos destacar o uso na religião, na guerra e principalmente como meio de comunicação.

O som impactante dos tambores e os movimentos coreografados dos percussionistas, fizeram com que esse instrumento fosse reconhecido e divulgado mundialmente. O segredo desse sucesso se deve ao fato de que as batidas do coração humano assemelham-se ao ritmo do Taiko, assim, o ouvinte consegue acompanhar o sentimento dos tocadores à medida que as vibrações dominam seu corpo.

Além da música de percussão, o Taiko traz outros benefícios como o condicionamento físico, a aprendizagem da cooperação em grupo e, como toda arte japonesa, preza o respeito e a disciplina.

O Taiko é uma cultura que tem por objetivo a manutenção de tradição, seus valores culturais e morais. Os percussionistas devem ter como lemas fundamentais:

● desenvolver um corpo vigoroso, sadio, a coragem, a determinação e o espírito inabalável;

● implantar o sentimento que preza o respeito ao próximo e a filosofia de humildade e eficácia;

● adquirir o respeito aos mais velhos, cooperação mútua, amizade, responsabilidade, união e cultivar o caráter e a dignidade;

● aprender a arte milenar japonesa do Taiko e herdar o valor deste folclore, cultivá-lo, preservá-lo e propagá-lo.